best blackjack bonus play online video slots no download casino games casino promotion blackjack blackjackforusplayers.org 5 reel slots There are many online bonus slots new online casino games
download http://www.euro-online.org https://www.euro-online.org

Día Mundial de los Docentes – 5 de octubre de 2017

 

English   Français   Español

Enseñar con autonomía empodera a los docentes

Como todos los años, el 5 de octubre se celebra, desde 1994, el Día Mundial de los Docentes, que conmemora la Recomendación conjunta de la OIT y la UNESCO relativa a la situación del personal docente (1966), cuyo 50° aniversario fue celebrado el año pasado. La Resolución de 1966 constituye el marco de referencia fundamental para abordar los derechos y las responsabilidades de los docentes a escala mundial.

Este año, el Día Mundial de los Docentes conmemora también el 20° aniversario de la Recomendación de la UNESCO relativa a la Condición del Personal Docente de Enseñanza Superior (1997). En los debates acerca de la condición de los docentes se olvida muy a menudo a esta categoría de personal. Al igual que los docentes de preescolar, primaria y secundaria, los docentes de la enseñanza superior son parte de una profesión que requiere conocimientos especializados, capacidades específicas y competencias pedagógicas.

 

Leer el artículo completo »

UFMT realiza primeiro vestibular para estudantes de comunidades quilombolas

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) realizou o primeiro processo seletivo destinado exclusivamente a alunos de comunidades tradicionais de quilombos de Mato Grosso, que poderão ingressar em um dos 106 cursos da instituição de ensino superior.

Serão ofertadas 100 vagas para cursos nos campus de Cuiabá, Barra do Garças, Pontal do Araguaia, Várzea Grande e Rondonópolis.

O vestibular integra o Programa de Inclusão de Estudantes Quilombolas em cursos da instituição no estado. O programa é considerado uma vitória importante na política de ações afirmativas, como destaca Antônio Santana, superintendente de Políticas de Igualdade Racial da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos. “É mais uma conquista dos povos quilombolas que vêm lutando pelo acesso à educação no ensino superior. A superintendência continua priorizando as atividades nas áreas quilombolas com o fortalecimento do acesso dos povos quilombolas à informação que auxilie na sua formação acadêmica”, frisou, acrescentando que o diálogo para a criação do programa vem sendo construído desde 2013 com a UFMT, com a participação de instituições federais, estaduais e sociedade civil.

A criação do programa de inclusão de estudantes quilombolas foi aprovada pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFMT pelo período de dez anos, a partir de 2017.

Para ter acesso ao programa o estudante necessita ser oriundo e ter cursado o ensino fundamental e médio em comunidades quilombolas. Em Mato Grosso existem 71 comunidades certificadas pela Fundação Cultural Palmares, instituição pública voltada à promoção e preservação da arte e da cultura afro-brasileira e ligada ao Ministério da Cultura. A maior comunidade quilombola em Mato Grosso é a Mata Cavalo, no município de Nossa Senhora do Livramento. Em todo o estado estima-se uma população de mais de 7 mil pessoas nas comunidades certificadas.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, no ano passado 192 alunos quilombolas cursaram o 3º ano do Ensino Médio. A maior demanda está no município de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a Oeste de Cuiabá). Somente na escola quilombola Verena Leite de Brito, 136 estudantes que cursaram o 3º ano em 2016.

Supremo rasga Estado Laico ao permitir ensino de dogmas religiosos nas escolas públicas

Paulo Iottti. Carta Capital

Descanse em paz, laicidade estatal. No dia 27.09.2017, o Supremo Tribunal Federal terminou o julgamento que analisava a questão do ensino religioso nas escolas públicas (ADI 4439). Por 6×5, com voto de minerva da Presidente, Ministra Cármen Lúcia, o STF afirmou que o art. 210, §1º, da Constituição deve ser interpretado como permitindo o ensino religioso confessional nas escolas públicas, de forma facultativa. A discussão surgiu porque referido dispositivo constitucional estabelece que o ensino religioso facultativo deve constar da grade curricular das escolas públicas e porque o Brasil firmou tratado internacional com o Vaticano, no qual se comprometeu a difundir o ensino religioso no país.

A maioria rejeitou a tese do Ministro Roberto Barroso, que, corretamente, aduziu que a norma constitucional da laicidade do Estado resta excepcionada pela norma igualmente constitucional do ensino religioso nas escolas públicas e, por isso, esta última deve ser interpretada restritivamente (como toda exceção a regime jurídico geral), de sorte a se ensinar História das Religiões, de maneira neutra, ou seja, expondo todas as principais doutrinas religiosas, em seus prós e contras, com definição de conteúdo programático pelo MEC. Perfeita aplicação do princípio da neutralidade axiológica do Estado frente às religiões, fundamento liberal da laicidade estatal, que veda relações de aliança ou dependência do Estado com quaisquer religiões (art. 19, I, da CF/88).

mais

——

ler também

“Decisão do STF sobre ensino religioso foi vitória dos católicos”

La urgencia de incorporar a la mujer en los manuales

Alba Lara

http://eldiariodelaeducacion.com/

Hace ya unas semanas que los profesores estamos en los colegios. Hay tareas ingratas e invisibles que tienen que ser hechas para que todo se ponga en marcha antes de que comiencen las clases. Recuperaciones, evaluaciones, planes de mejora, reuniones de claustro, de departamento, puesta al día del verano (las relaciones también son importantes), objetivos que se marcan, sensaciones de fracaso porque un alumno no ha remontado en septiembre, euforia porque otros sí. Veo a los profesores planificar el curso y buscar ideas para conquistar el interés de los jóvenes exigentes que se sentarán frente a ellos durante todo un curso. Muchos revisan los libros de texto, no siempre elegidos por ellos mismos, y hacen anotaciones, adiciones y comentarios al margen. Yo hago lo propio con los de lengua y literatura.

más

Como será o FSM 2018 em Salvador? Participe da consulta

Como será o FSM 2018 em Salvador?

O Grupo Facilitador do FSM 2018 consulta organizações e movimentos internacionais sobre papel do FSM e chamadas das lutas que virão a Salvador. Você também pode participar respondo aqui mesmo nos comentários.  Tudo será recolhido para orientar  formato e territórios temáticos do FSM. Confira as questões.

 

  • Pergunta 1: Qual é a sua organização ou movimento?
  • Pergunta 2: Qual é o papel do FSM 2018 para transformação da sociedade?
  • Pergunta 3: O que sugere como metodologia para o FSM 2018?
  • Pergunta 4: O que você(s) pode(m) fazer pelo FSM 2018?
  • Pergunta 5: Qual é o seu grito / lema / palavra força da sua luta de resistência para um outro mundo possível? (Observação: esses gritos / palavras força / lemas devem ajudar a subsidiar a definição dos eixos temáticos (ou de resistência) do FSM 2018.)

El logo fsm es elegido por el público

O  Fórum Social Mundial 2018 já tem sua logomarca oficial.  O Coletivo Facilitador do FSM 2018 anunciou o resultado do concurso público encerrado neste sábado para a escolha do logo da próxima edição do encontro mundial que ocorrerá de 13 a 17 de março, em Salvador, Bahia. A logomarca criada pelo artista Beto Fagundes, de Porto Alegre – RS, e que teve a participação da designer da Flora Farias, de Vitória da Conquista – BA na proposta de composição, recebeu a melhor avaliação das pessoas que votaram pela internet , entre as três selecionadas pela Comissão Técnica, no período de 06 a 16 de Setembro.

 

A proposta enviada por Fagundes obteve 382 avaliações e uma média ponderada de 4.08 estrelas entre 484 votantes. Os outros dois trabalhos selecionados foram criados pelos artistas Ioannis Kafidas, de Itajaí, Brasil, com 348 avaliações e media ponderada de 3.18 estrelas e  Brahim Aitoubraim, do Marrocos, com 352 avaliações e média ponderada de 2.68 estrelas.

O concurso para a logomarca foi uma iniciativa das organizações brasileiras, para estimular participantes a refletir sobre a identidade simbólica do próximo FSM, na Bahia. As três finalistas apontaram leituras significativas, que traduzem aspectos fundamentais do FSM e do momento de resistência e luta por transformação da realidade.

mais http://fsm2018.org

 

Escola Sem Mordaça resiste ao retrocesso

A Frente Gaúcha Escola Sem Mordaça vai intensificar a mobilização contra a votação do projeto Projeto de Lei Escola Sem Partido/Lei da Mordaça, que está em tramitação em vários estados, municípios e também em âmbito federal. Especialistas em educação criticam a tentativa de censura aos professores embutida no projeto, que não tem sustentação pedagógica. A palavra de ordem “Lei da Mordaça” é um contraponto usado pelos críticos do projeto de lei ao eufemismo “sem partido” ou “sem ideologia”.

Para a coordenadora da Frente Escola sem Mordaça no RS, professora Russel da Rosa, a denominação é uma tentativa de ocultar a verdadeira intenção de uma eventual legislação em prol de uma escola de perfil ideologicamente conservador e não sem partido ou ideologia como apregoa. O movimento está articulando ações para obter a adesão de parlamentares contra o projeto de lei estadual de autoria de Marcel van Hattem (PP/RS), em tramitação na Assembleia Legislativa do RS. No dia 27 de setembro, a Frente promove um ato na ALRS a partir das 10h e a entrega de um manifesto na reunião de líderes dos partidos, que ocorre às 11h. Uma das reivindicações é a realização de audiência pública sobre o tema. Também está prevista a manifestação de lideranças do movimento Escola Sem Mordaça na tribuna da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, ainda sem data confirmada. O projeto municipal, de autoria do vereador do PMDB, Valter Nagelstein, foi retirado da pauta pelo autor. No domingo, 9 de outubro, terá manifestação e show musical no Parque da Redenção. “Vamos dialogar com a população e os parlamentares sobre a gravidade desse projeto e buscar o comprometimento de vereadores e deputados com a Frente Gaúcha Escola Sem Mordaça”, explica a coordenadora do movimento no estado.

mais

manifesto frente gaucha

El Congreso vota contra diferenciación sexual de los uniformes escolares

http://eldiariodelaeducacion.com

La proposición no de ley de Unidos Podemos plantea la corrección de la  Ley 3/2007 de igualdad efectiva entre hombres y mujeres, así como de las leyes educativas, para que se garantice que niñas y niños puedan ejercer la libertad de vestimenta y se garantice “la no imposición de uniformes por sexo”.

La propuesta llegó a la Comisión de igualdad de Congreso en donde la diputada de Unidos Podemos pidió que “la vestimenta sea de libre elección, que los uniformes no estén segregados por género y no se obligue a llevar falda”.

La discusión entre los partidos se centra en la concepción de cómo se lucha contra a discriminación de las mujeres. Desde Unidos Podemos entienden que el uso de uniformes diferenciados por sexos suponen la perpetuación de los roles de género, mientras que para Ciudadanos y Partido Popular, el principio de no discriminación entre hombres y mujeres ya está defendido en la legislación.

más

Paulo Freire: Patrono da Educação Brasileira: Carta aberta ao Congresso Nacional do Brasil

CARTA ABERTA AO CONGRESSO NACIONAL DO BRASIL

Ref.: Sugestão legislativa de revogação do decreto que institui Paulo Freire como Patrono da Educação Brasileira.

Excelentíssimo Senhor Presidente do Congresso Nacional Brasileiro,

Os membros do Conselho Mundial dos Institutos Paulo Freire, de modo especial os do Instituto Paulo Freire do Brasil, as entidades, fóruns e movimentos, cidadãs e cidadãos signatários desta Carta Aberta a esse egrégio Parlamento, vêm, respeitosamente, tomar a liberdade de expor que se segue:

1.º) Por suas intervenções nos sistemas educacionais do Brasil e de vários outros países, especialmente na Educação de Adultos, Paulo Freire é reconhecido internacionalmente como um dos mais importantes educadores do século XX.

2.º) Por suas reflexões e publicações, além dos vários títulos de Doutor Honoris Causa que lhe foram outorgados por universidades de vários países do mundo, Paulo Freire é um dos mais importantes pensadores do século XX, com reconhecida autoridade e atualidade em vários campos do conhecimento.

3.º) Seja por suas experiências educacionais, seja por seus escritos, Paulo Freire tem sido mundialmente reconhecido como autor de um legado educacional aplicável em todos os níveis, modalidades e graus de ensino.

mais