O Escola Sem Partido não foi aprovado, mas suas ideias estão no cotidiano

Giovana Fleck en Sul21

Em 2004, grupos de pais dentro de comunidades escolares do sudeste brasileiro começaram a se organizar em torno da ideia de um modelo escolar “neutro”. O principal deles ganhou força ao se intitular Movimento Escola Sem Partido, criado pelo advogado Miguel Nagib. Em seu site, o movimento disponibiliza um modelo de projeto de lei a ser apresentado por vereadores e deputados do Brasil às suas respectivas câmaras ou assembleias. “Na época, ninguém deu muita bola”, diz a professora e membro do Movimento Escola sem Mordaça, Russel Dutra da Rosa. Ela é responsável ela produção de pesquisas sobre o tema, além de contribuir para a articulação de frentes de formação para professores e estudantes sobre direitos de aprendizagem.

mais

Esta entrada fue publicada en Artigos/Artículos/Articles, Buenas prácticas. Guarda el enlace permanente.

Una Respuesta a O Escola Sem Partido não foi aprovado, mas suas ideias estão no cotidiano

  1. Para compreender melhor a origem, o conteúdo e o alcance das propostas da “Articulação Escola Sem Partido”, é preciso identificá-la com parte do Projeto Político Autoritário-Neoliberal apresentado ao Brasil a partir de 2013. Esse Projeto reuniu os três segmentos mais reacionários no Congresso Nacional, conhecidos como os três “Bs”: bancada da bala, bancada da bíblia e bancada do boi. Associados aos magnatas da comunicação, retiram da Grande Mídia toda a forma de pensamento contrário aos seus interesses e criminalizaram as proposições históricas do Projeto Democrático-Participativo. Nessa confluência perversa entre o resgate e a valorização do militarismo latino-americano e a consolidação das teses neoliberais, a política educacional brasileira caminha para reunir dois temas centrais: a disciplinarização do educando das escolas de Educação Básica e a formação tecnicista dos educadores brasileiros.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *